Regulamento

DAS FINALIDADES

 

Art. 1º - O BRADAN – Brasil Break Dance – Campeonato Pernambucano 2017, é uma realização Os três Consulting com apoio da Central Única das Favelas, Associação Metropolitana de Hip Hop de Pernambuco, Cores do Amanhã, Rede Globo Nordeste, Periferia e Cidadania, Recifes Sites, entre outros.

 

Parágrafo único: O BRADAN é uma competição que tem por finalidade promover a integração entre praticantes e agrupações (crew's) de breaking, de todo o estado de Pernambuco e os colaboradores da cultura de paz, valorizando o indivíduo e a educação através da qualificação para o esporte o espírito de equipe e a promoção de campanhas de prevenção nas comunidades, tornando os atletas mais conscientes de seus papéis com sua realidade e entorno.

 

DA PARTICIPAÇÃO

 

Art. 2º – Todos e somente cidadãos naturais e residentes do estado de Pernambuco, poderão se inscrever no BRADAN – Brasil Break Dance – Campeonato Pernambucano 2017.

 

Parágrafo primeiro: Durante a competição poderão participar cidadãos de ambos sexos com idade igual ou superior a 16 anos (jovens menores de 18 anos terão que portar o documento de autorização de participação de menor desacompanhado ou estar na presença dos pais ou responsável); Paragrafo segundo: as inscrições serão realizadas via site (www.dancasurbanas .com.br);

 

Parágrafo terceiro: Serão selecionados ao todo, 16 duplas durante a pre-seletiva (via site), para a sua participação durante a grande final que será divulgada através do site, dia 09/10 (lugar, datas e horários podem ser alterados – as informações estão descrevidas no site.

 

Parágrafo quarto: As duplas não poderão contar com reservas. A comissão organizadora do BRADAN 2017 informa que para a participação na pre-seletiva (via site), as agrupações (crew's): NÃO TÊM LIMITE DE INSCRIÇÕES.

 

Parágrafo quinto: Caso alguma Dupla desista de participar do evento, ou falte a data da competição, será automaticamente eliminada do BRADAN 2017 sem direito a solicitação de revisão. Todos os pré-selecionados (via site) deverão estar, no mínimo 01 hora (60 minutos) antes do início do evento (19 de Novembro de 2017).

 

Parágrafo sexto: É obrigatório (mas não excludente) que a Dupla pré-selecionada (via site) compareça no evento (19/11) com o regulamento impresso e assinado por ambos atletas.

 

DA INSCRIÇÃO

 

Art. 3º – As inscrições poderão ser realizadas (única e exclusivamente) a través do site www.dancasurbanas.com.br . O ato de inscrição será efetuado através de uma ficha de cadastro virtual disponível no site. Vale lembrar que nessa primeira etapa a inscrição não garante a participação da dupla na competição.

 

Parágrafo primeiro: A Comissão Organizadora descreve nesse parágrafo que todas as Duplas inscritas serão avaliadas até serem escolhidas. Citaremos os critérios como exemplo: preencher todos os espaços da ficha de cadastro virtual (com fatos verídicos), enviar os vídeos com no máximo 3 minutos de duração, enviar as fotos de

 

no mínimo 150 dpi (resolução de imagem) e no máximo 250 dpi (resolução de imagem).

 

Parágrafo segundo: Caso alguma Dupla se inscrever mais de DUAS vezes a comissão Organizadora optara pela seleção da ficha de cadastro virtual mais completa.

 

Parágrafo terceiro: A Comissão Organizadora se reserva ao direito de encerrar as inscrições antes do prazo, caso seja do seu interesse, em função de uma procura muito grande pela participação na competição.

 

Parágrafo quarto: No dia 09 de Novembro de 2017, será divulgada no site www.dancasurbanas.com.br a relação das 16 (dezesseis) duplas escolhidas para participar da BRADAN – Brasil Break Dance – Campeonato Pernambucano 2017.

 

Parágrafo Quinto: Depois de divulgada a lista das Duplas selecionadas para participar do evento (19/11), as duplas deverão entrar em contato com a organização (através do site) do BRADAN 2017 para acertar detalhes para a divulgação e promoção do evento, além de tirar dúvidas dos mesmos.

 

DAS COMPETIÇÕES

 

Art. 4º – O BRADAN – Brasil Break Dance – Campeonato Pernambucano 2017, ocorrerá em 2 (duas) etapas: A primeira consiste no Evento intitulado Seletiva, que será realizado via análise de vídeos enviados, via inscrição realizada pelo site (exclusivamente). A segunda etapa que será realizada dentro do Festival de Cultura de Rua – FESTCRUA – também organizado pela Central Única das Favelas – CUFA de Pernambuco no dia 19 de Novembro do presente ano. Acompanhe a informação detalhada pelo site www.dancasurbanas.com.br .

 

SELETIVAS (Via Site)

 

Art. 5º O BRADAN 2017, etapa seletiva (via site) será disputado em um sistema: seletivo (via site).

 

Parágrafo primeiro – Serão 16 Duplas selecionadas (via site) para o evento final.

 

Parágrafo segundo – Uma comissão mista composta por 02 (dois) Produtores do Evento avaliara as informações, fotos e vídeos da ficha do cadastro virtual, para verificar se estão dentro das normas solicitadas pelo regulamento (vide Das Inscrições – Parágrafo primeiro).

 

Parágrafo terceiro – Uma comissão mista composta por 03 (três) jurados internacionais avaliara os vídeos enviados, julgando e selecionando as 16 Duplas classificadas para o Evento (19/11/2017).

 

Art. 6º O BRADAN 2017, etapa Evento (in locu), será disputado em um sistema: eliminatório – batalha de Duplas.

 

Parágrafo primeiro - Uma comissão mista composta por 03 (três) jurados nacionais (de outros estados do Brasil) avaliara o desempenho das duplas em forma de batalha.

 

Parágrafo segundo - O método de julgamento dos jurados será por votação e não por pontuação. Havendo voto de empate por parte de todos os jurados; será feita uma nova disputa onde cada dupla terá a possibilidade de desempenhar mais uma performance (entrada) para desempate e definição da equipe vencedora. Parágrafo terceiro - Será julgada a dança Breaking (b.boying) como um todo. Desde a entrada do b-boy/b-girl até a sua finalização.

 

Parágrafo quarto – será avaliado pelos jurados: FELLING (sentimento); FLAVA (fluxo); FLOW (originalidade); FUNDAMENTOS (Top Rock, Footwork, e Freezer); QUALIDADE TECNICA E GRAU DE DIFCULDADE NA EXECUÇÃO DE MOVIMENTOS; CRIATIVIDADE; INICIO DESENVOLVIMENTO E FINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS INDIVIDUAIS E EM DUPLA (Crazy Comands);

 

Parágrafo quinto - cada dupla terá direito a quatro performances ou entradas. Sendo que uma coreografia em dupla (Crazy Comands) vale como uma performance (entrada). Sob a observação dos jurados, MC e Mediador.

 

Parágrafo sexto - Fica extremamente proibido o contato físico intencional com o adversário durante as batalhas. Passível de desclassificação dependendo da interpretação dos jurados. Desde que comprovada à responsabilidade por principio de brigas ou tumultos dentro do evento BRADAN 2017, os competidores serão convidados a se retirarem da competição dependendo da gravidade da situação (avaliados pela comissão julgadora do BRADAN 2017).

 

Art. 7º O BRADAN 2017 (in locu) será disputado em um sistema: eliminatório – batalha de Duplas FINAL.

 

Parágrafo primeiro - Uma comissão mista composta por 03 (três) jurados internacionais avaliara o desempenho das duplas em forma de batalha.

 

Parágrafo segundo - O método de julgamento dos jurados será por votação e não por pontuação, eliminando qualquer possibilidade de empate em suas votações.

 

Parágrafo terceiro - Será julgada a dança Breaking (b.boying ) como um todo. Desde a entrada do b-boy/b-girl até a sua finalização.

 

Parágrafo quarto – será avaliado pelos jurados: RITMO (musicalidade): Interação do b-boy/b-girl com a música. CRIATIVIDADE: Inovação dos movimentos. GRAU DE DIFICULDADE: Qualidade dos movimentos executados como velocidade, controle e posicionamento. ESTILO: Maneira pessoal de cada b-boy/b-girl em executar os movimentos.

 

VARIAÇÃO DE MOVIMENTOS: Valoriza o b-boy/b-girl que não for repetitivo em suas performances.

 

Parágrafo quinto - Cada B-boy/b-girl terá direito a três entradas, sem limite de tempo. Sob a observação dos jurados, MC e Mediador.

 

Parágrafo sexto - Fica extremamente proibido o contato físico intencional com o adversário durante as batalhas. Passível de desclassificação dependendo da interpretação dos jurados. Desde que comprovada à responsabilidade por principio de brigas ou tumultos dentro do evento BRADAN 2017, os competidores serão convidados a se retirarem da competição dependendo da gravidade da situação (avaliados pela comissão julgadora do BRADAN 2017).

 

DAS DISPUTAS

 

Art. 8º – O BRADAN 2017 será dividida em 1 (uma) única modalidade: Batalha 2 x 2 (Mista).

 

Parágrafo primeiro – cada dupla terá direito a quatro performances ou entradas, sendo que uma coreografia em dupla (Crazy Comands), vale como uma performance (entrada).

 

Paragrafo segundo - Não será permitido palavrão, gestos obscenos, e muito menos contato físico, caso ocorra alguma dessas agravantes a (s) DUPLA (S) serão desclassificadas.

 

Parágrafo terceiro - Todos os atletas deverão estar presentes no local das batalhas com uma hora de antecedência.

 

Parágrafo quarto – é proibida a entrada do atleta no local das batalhas com: alimentos, bebidas alcoólicas, fumo e outros produtos químicos.

 

DA PREMIAÇÃO

 

Art. 9º – O BRADAN 2017 premiará as 03 (três) primeiras equipes colocadas no evento.

 

Parágrafo Primeiro: A equipe, primeira colocada, no BRADAN 2017, receberá a quantia de Rs. 1.250,00 (mil duzentos e cinquenta reais), um troféu especial, duas medalhas de primeiro lugar e um prêmio especial. A equipe, segunda colocada, no BRADAN 2017, receberá Rs. 750,00 (setecentos e cinquenta reais), um troféu especial, duas medalhas de segundo lugar e um prêmio especial. A equipe, terceira colocada, no BRADAN 2017, receberá Rs. 500,00 (quinhentos reais), um troféu especial, duas medalhas de terceiro lugar e um prêmio especial.

 

Parágrafo segundo: A comissão organizadora também irá premiar aqueles que se destacarem na disputa da competição da seguinte forma: (a) A melhor "manobra" E (b) A melhor torcida organizada.

 

ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO

 

Art. 10º - Caso exista alguma modificação no regulamento haverá a notificação através do site. (www.dancasurbanas.com.br)

 

Parágrafo primeiro: O sorteio das batalhas será realizado no dia do evento. (19 de novembro) Comissão Mista de Jurados do dia.

 

Parágrafo segundo: No dia do Evento (19/11), os atletas selecionados deverão comparecer ao lugar do evento (a ser notificado no site www.dancasurbanas.com.br ) para participar de uma formação e roda de diálogo com a CUFA Pernambuco.

 

Art. 11º - Os participantes concordam em autorizar o uso de imagens, voz e performance, com divulgação no site, anúncios em jornais, fotos, vídeos, revistas e qualquer outro material audiovisual, para O BRADAN – Brasil Break Dance – Campeonato Pernambucano 2017, sem nenhum ônus para as empresas/entidades organizadoras e patrocinadoras.

 

Art. 12º - O presente regulamento estará disponível no site do evento. Eventuais dúvidas relacionadas a competição e seu regulamento poderão ser esclarecidas através do item fale conosco do site www.dancasurbanas.com.br.

 

Art. 13º – Para todos os efeitos legais, os participantes do evento declaram que as informações transmitidas no ato das inscrições são verídicas, isentando a CUFA Pernambuco e seus parceiros de qualquer informação ou demanda que porventura venha a ser apresentada em juízo ou fora dele.

 

Art. 14º - A Comissão Organizadora reserva o direto de interromper o andamento da competição e alterar este regulamento, se assim julgar necessário em virtude de acontecimentos de força maior. Caso não haja concordância com os novos termos do regulamento ou com eventual interrupção, o participante poderá cancelar sua inscrição estando assim liberado das obrigações assumidas (com 15 dias de antecedência).

 

Art. 15º- A participação no BRADAN 2017 não irá garantir aos participantes nenhum outro direito ou vantagem que não estejam expressamente previstos neste regulamento.

 

Art. 16º – As infrações, ocorrências e recursos registrados no transcorrer do evento serão processados e julgados por uma comissão de disciplina, que será formada por 03 (três) parceiros indicados pela comissão organizadora, com base nas alegações e nos relatórios dos jurados, MC e Mediador; e nos informes da coordenação técnica.

 

Parágrafo primeiro – As comunidades participantes da competição reconhecem a comissão organizadora como única e definitiva instância para resolver as questões do BRADAN 2017 (CUFA Pernambuco), desistindo ou renunciando expressamente de recorrer a qualquer outra organização.

 

Art. 17º- A participação no BRADAN 2017 implica na aceitação total e irrestrita de todos os itens deste presente regulamento.

 

Parágrafo único – Os atletas devem, obrigatoriamente, conhecer esse regulamento e as regras oficiais aplicadas ao Campeonato que faz parte da programação do evento.

 

Art. 18º – As situações que estiverem omissas neste regulamento serão resolvidas pela comissão organizadora do evento, que será composta por membros designados pela CUFA, seus parceiros e patrocinadores.